O que é atitude?

Ao ouvir essa palavra, no que você pensa?

Uma boa saída é entender que atitude vem com um sentimento interior que se expressa pelo comportamento exterior.

As pessoas sempre projetam no exterior o que sentem no interior. Atitude sempre vem à tona.

Sua atitude dá cor a cada aspecto da sua vida. É como o pincel da mente. Ela pode pintar tudo de cores claras ou brilhantes, criando uma obra-prima, ou transformar tudo em algo escuro e sombrio.

Não há uma única parte de sua vida no momento que não seja afetada por sua atitude.

O Coaching contribui com técnicas que auxiliam o coachee nas tomadas de decisões mais próximas do alcance de suas metas, evitando perda de tempo e foco.

Seu futuro definitivamente será influenciado pela atitude que você levar consigo, sempre.

força

Mais sobre Coaching e atitude positiva

O Coaching trabalha bastante com os pontos fortes de cada coachee (cliente). Já sabemos…Mas o processo também orienta o cliente para os pensamentos e atitudes positivos.

Uma atitude positiva é uma qualidade diária em quase todos os sentidos. Ela não só ajuda a resolver problemas pequenos como também fornece um instrumental poderoso que pode ser útil por toda a sua vida.

No Coaching, contribuímos com o indivíduo no sentido de poder refletir que “sua atitude faz diferença na maneira de encarar a vida”.

Quando uma atitude muda, seu ponto de vista também muda. E, como consequência, suas ações.

Já parou pra pensar que muitas das vezes a vida lhe oferece exatamente aquilo que você espera dela? Se você espera ou pensa coisas ruins, é isso que receberá. Se espera ou pensa coisas boas, muitas são recebidas.

Então, qual atitude na vida você escolhe: negativa ou positiva?

positivo

Mudança

A mudança é difícil para todos. É um dos maiores obstáculos à atitude que você sempre enfrentará. Por que é assim? Afinal, o progresso não exige mudança? E o crescimento/amadurecimento, também não? Não podemos avançar e continuar a ser a mesma pessoa ao mesmo tempo.

As pessoas otimistas verão rapidamente o que há de bom em grande parte das mudanças. Mas a verdade é que há perdas até em mudanças positivas. Na vida, há ganhos e perdas e ninguém quer perder nada. Mesmo quando a mudança é boa, abriremos mão de coisas que são importantes para nós, sendo tudo uma questão de prioridade. Aquilo que, de fato, precisamos no momento.

No processo de Coaching, trabalha-se sempre a tomada de decisão com base em reflexões sobre as mudanças alinhadas aos objetivos do coachee (cliente). Como é um processo com foco no positivo, todo auxílio provoca pensamentos sobre o que se ganha com uma nova mudança.

As chaves para lidar bem com a mudança implicam ter uma boa atitude com relação a ela e estar preparado para enfrentá-la.

Com o Coaching, o coachee aprende a considerar como melhor fazer as mudanças necessárias para se aprimorar e crescer. Passa a avaliar com critério o “preço” da mudança, comparando ao “preço” do status quo.

O que as mudanças que você deseja realmente irão lhe custar?

mudanças

Coaching e Interações Profissionais

Você sabe o que é interação transacional e interação relacional?

A transacional prioriza os resultados, que são alcançados, às vezes, por meio dos próprios relacionamentos.

Este é o tipo de relação em que uma pessoa parte diretamente para conseguir os resultados, fazendo com que outras pessoas se sintam desvalorizadas e até usadas, ou seja, uma pessoa dá mais importância aos fins que almeja obter do que aos relacionamentos.

A relacional enfatiza a importância da forma como as pessoas são tratadas ao longo do processo que se visa obter resultados. Esse tipo de relação não ignora os fins, mas reconhece que os meios são uma parte importante do objetivo.

Cabe ressaltar que nem toda interação precisa ou deve ser relacional. Às vezes, a falta de tempo ou a própria situação não permita isso…Mas deve-se ter cuidado com as relações.

No processo de Coaching, ajudamos o Coachee (cliente), seja ele gestor, líder, diretor, empresário, a lidar com formas melhores de interação junto aos seus colaboradores.

Num mundo globalizado e urgente de respostas, o Coaching auxilia no esforço adequado para manifestar melhor interesse pelas pessoas, mostrando que é possível ser útil a elas, especialmente àquelas de quem se depende para que o sucesso mútuo seja estabelecido.

progredir

Decidir é a questão…

O trabalho entre Coach e Coachee (cliente) é compreender o cenário desejado e definir a meta para seu alcance.
Uma vez decidida a meta pelo cliente, todo o percurso será com foco na sua realização.
Depende do Coachee o empenho para transformar seu objetivo em resultado real.
E você, já decidiu o que quer?
Faça Coaching e descubra mais…

decida

E quando a motivação gera frustração?

Antes de tudo, as organizações necessitam ter clareza de sua estratégia e saber quais processos e recursos irão orientar essas mudanças para alcançar os resultados esperados. Saber o que fazer para aproveitar esse pico de motivação, portanto, é o pulo do gato.

O Coaching é excelente para contribuir com mudanças nas organizações, desde a alta diretoria até seus colaboradores.
Trabalhos em grupos ou individuais são realizados, mapeando competências, habilidades e atitudes que possam renovar e direcionar as empresas para rumos produtivos, fortalecendo suas estratégias.

Leia mais…

http://www.administradores.com.br/artigos/administracao-e-negocios/e-quando-a-motivacao-gera-frustracao/74939/

Você tem 5 minutos?

É o que basta para aprender a se livrar da doença moderna: a falta de tempo.

Quando foi a última vez que você reservou cinco minutos só para a sua vontade, sem nada atrapalhando, sem dividir a atenção com mais nada? Receitar a alguém sem tempo que se reserve uns minutinhos parece a história da pílula para matar a sede, que só funcionava se fosse tomada com um copo de água. Afinal, se você está com o tempo tomado, de onde vai tirar algum para si mesmo? A diferença está no objetivo. Enquanto quisermos mais tempo para fazer mais coisas, a sensação de falta de espaço na agenda não vai passar nunca porque cada minuto poupado acaba ocupado por uma tarefa nova e, como temos uma lista de coisas por fazer, sempre faltará tempo para alguma coisa, em um ciclo infinito de ansiedade.

Reservar um tempo para si é fazer o contrário. Também começa abrindo um espaço na agenda, mas para deixá-lo em branco, sem dono, à disposição da sua vontade. É simples, mas não é fácil, porque não estamos acostumados a gastar tempo conosco.

=== Mais tempo para quê?

Em primeiro lugar, para se manter saudável. Manter um tempo livre, sem obrigações, faz bem ao corpo. Segundo a tradicional medicina chinesa, todos os animais, nós incluídos, precisam de um tempo diário para recuperar a vitalidade – isso fora o tempo de sono. Senão, a saúde pifa. O coração dispara, a respiração se altera. Não faltam exemplos de males que a falta de tempo livre nos causa.

=== Como usar o tempo livre?

A resposta mais óbvia é “fazendo nada”. Mas isso não existe. É impossível não fazer nada. Se você dormir, estará dormindo, e isso é fazer algo. Na verdade, o que fazer pouco importa. O que interessa é por que fazer. E a diferença é a vontade. Durante seu tempo livre você faz o que quer. No resto do tempo, faz o que os outros querem, ou o que precisa fazer.

Quanto antes começar esse exercício, melhor. Nunca é tarde para mudar de atitude. Permita-se, todo dia, os seus cinco minutos.

Fonte: Revista Vida Simples

No processo de Coaching trabalhamos com reflexões e ferramentas que ajudam o cliente na melhor administração de tempo, trazendo maior qualidade de vida para seus dias.

colher

Relações Sustentáveis

Cada ser humano é único.
E é essa diferença que muitas das vezes chama a atenção do(a) parceiro(a).
Manter sua individualidade não quer dizer ser egoísta. Pelo contrário. Ter individualidade é saber que possui rédeas da própria vida, que possui grupos sociais, gostos, autonomia para contribuir com escolhas e decisões.
Em diversos casos, ao desinteressar de si e viver a vida do outro, há o risco de também perder a admiração de quem está junto.
Bons relacionamentos preservam suas individualidades, sem deixar que haja falta de autenticidade e novidade entre o casal.
O Coaching de Vida atua nesse campo, buscando do Coachee (cliente) novas percepções e reflexões sobre como tem agido diante de relação conturbada.
A busca do equilíbrio, respeito de si mesmo e de outros valores são fundamentais para o fortalecimento de pares.
individualidade

Visão do Todo

Já existe um consenso nas organizações de que a visão do todo é importante.
Estamos na era da complexidade, ou seja, as coisas se relacionam mutuamente e interferem umas nas outras, sem um padrão específico que possa ser previsto com precisão.
Quanto mais se amplia a visão do todo e de suas relações, melhores decisões podem ser tomadas, e é por isso que ela se torna tão relevante. É importante entender que ninguém consegue ter a visão do todo sozinho. É preciso que esta visão seja construída em conjunto, em times de líderes, e transmitida aos times de trabalho, que podem se engajar, quando entendem mais profundamente o que ocorre no todo.
Ao ampliar a consciência de todos, com esta maior visão das relações entre o todo e a parte, é possível avançarmos para atender objetivos comuns e estratégicos, de modo mais eficiente. De certa forma, a excelência na execução é influenciada diretamente por isso.
Programas de capacitação que envolvem a ampliação da visão do todo são fundamentais para os profissionais, sejam eles líderes ou colaboradores de outros níveis da empresa. Somente dessa forma se constrói um time de alta performance.
O Coaching ajuda nesse tipo de capacitação, impulsionando líderes e equipes na ampliação da carreira 360º.
profissionais

Tornar-se o que você respeita

Acho que a mensagem está muito boa para começar 2014, não?
Somos reflexo dos nossos pensamentos, emoções e ações.
O Coaching auxilia quanto a novos rumos que o indivíduo pode proporcionar em seu caminho.
É primordial que o processo contribua com o cliente, no sentido de que ele possa resgatar valores essenciais e ativar em si recursos poderosos, para o alcance de seus objetivos.

atrair